site-banner-0102

3ª Edição

O CONCURSO CERVEJEIRO CASEIRO BIERLAND 2014 bateu recorde de participações e também de inscrições. Menos de uma hora foi necessário para esgotar o limite de cem vagas abertas para cervejeiros de todo o país. O desafio proposto em 2014 aos participantes foi a elaboração de uma cerveja no estilo Strong Scoth Ale (BJCP 2008 9E), também conhecida como Wee Heavy.


Esta edição também foi sancionada oficialmente pelo BJCP – Beer Judge Certification Program, entidade internacional dedicada a formação e qualificação permanente de juízes de cerveja e teve como patrocinadores a Cooperativa Agrária Agroindustrial, a WE Consultoria e Bio4 Soluções Biotecnológicas.

Montagem


Confira os vencedores:

 

 


Montagem-Fotos-Site-1043.1-ouro

Nome: Carlos Henrique Pessôa de Menezes e Silva 
Idade: 41 anos
Profissão: Bioquímico/Microbiologista
Cidade: Vila Velha (ES)

Carlos Henrique Pessôa de Menezes e Silva, de Vila Velha (ES), medalhista de ouro do Concurso Cervejeiro Caseiro Bierland 2014, há três anos já vinha alimentando seu hobby de produzir cervejas caseiras e fazer uma Strong Scotch Ale já estava nos planos, quando surgiu a oportunidade através do concurso da Bierland.

O bioquímico/microbiologista revela que este é um estilo que gosta e aprecia e que por ter acesso a leveduras de alta qualidade e rendimento, utilizou uma específica do estilo, fato que, segundo ele, foi o grande diferencial da receita. “Utilizamos softwares para nos auxiliar nas minúcias, mas basicamente usamos o feeling de apreciadores de boas cervejas para chegarmos à receita que foi ganhadora”, revela.

O ganhador de 2014 divide o mérito da vitória com o amigo cervejeiro Alessandro Lins, de Vitória (ES). Sobre o resultado da competição, Carlos descreve como uma grande felicidade. “Quando recebemos a notícia que estávamos entre os oito finalistas, já nos sentimos vencedores. Com a premiação da medalha de ouro, então, foi a confirmação que nossa cerveja realmente estava muito boa”, considera.

 

 

 Montagem-Fotos-Site-1043.1-prata

Nome: João Belentani – Medalha de Prata
Idade: 32 anos
Profissão: Arquiteto de Solução em TI
Cidade: Dobrada (SP)


João Belentani de Dobrada
(SP), medalhista de prata do Concurso Cervejeiro Caseiro Bierland 2014, conta que a produção da cerveja finalista foi preparada em parceria com seu cunhado Ricardo Zambelli. Arquiteto de Solução de TI, João considera que o estilo de cerveja Strong Scotch Ale possui poucos exemplares no Brasil, porém, é um estilo que lhe agrada e foi prazeroso preparar. Apesar de ainda ser um hobby, o cervejeiro revela que há planos futuros em profissionalizar esta aptidão em produzir cerveja. 


Para elaborar a receita, Belentani conta que foi necessário bastante pesquisa. “Sempre que vou elaborar uma nova receita, primeiramente, procuro degustar exemplares característicos do estilo. Após isso, busco as particularidades do estilo no guia do BJCP e também do Brewers Association, além de estudar os ingredientes para identificar os que mais se enquadram no estilo proposto”, afirma.

Para João, ver sua receita em segundo lugar em um concurso dessa amplitude é gratificante e também inspira a continuar elaborando outras receitas.

 

 

 Montagem-Fotos-Site-1043.1-bronze
Nome: Raphael Calage Tonera – Medalha de Bronze
Idade: 33 anos
Profissão: Técnico em Eletrônica
Cidade: Florianópolis (SC)


Raphael Calage Tonera
, técnico em eletrônica na cidade de Florianópolis (SC), conta que conseguir a medalha de bronze no Concurso Cervejeiro Caseiro Bierland 2014 foi especial e ao mesmo tempo desafiador. Para ele, obter este resultado exigiu leitura do estilo, fazer o processo descrito, executar a receita, conseguir os nuances, escolher o fermento certo, saber trabalhar a fermentação, além das pesquisas bibliográficas. Raphael considera que foi importante também a troca de experiências com outros cervejeiros do Grupo Armada Cervejeira, entre eles Ronaldo Dutra Ferreira e o Rodrigo Tasca, vencedores de 2012 do concurso, para que a partir daí entendesse melhor sobre o estilo. 


O cervejeiro que já possui outras premiações em competições de ACervAs, desde o ano de 2005 faz seus experimentos, que segundo ele, é muito mais do que um hobby, mas sim um estilo de vida.
“Estar entre os finalistas foi fantástico. Justamente porque se comentava que o nível técnico do concurso seria alto. Então fiquei muito satisfeito”, considera.        

 

 
 


 
        A verdadeira cerveja na internet:         face_fftwitter_ffyoutube_fffavoritos_ffrss_ff
BEBA COM MODERAÇÃO
acasc
Rua Gustavo Zimmermann, 5361 - Itoupava Central - (47) 3337-3100 - Blumenau - SC